Mais de 40 Vagas na Maersk Drilling Angola


Mais de 40 Vagas na Maersk Drilling Angola

DEPARTAMENTO ADMINISTRATIVO

Director da Instalação Offshore (Offshore Installation Manager – OIM)

– O DIO detém a mais alta autoridade a bordo e gere todos os aspectos da operação offshore para garantir uma utilização segura e eficiente dos recursos humanos e das instalações, salvaguardando a integridade das plataformas e do meio ambiente.
– Certificado de competência como Master Mariner STCW II / 2 (ilimitado) com o mínimo de 7 anos de experiência offshore em plataformas de perfuração.
– Adjunto do Director de Segurança da Unidade ISPS.

 

– Responsabilidades em situações de emergências conforme com o conteúdo da posição:
• A operação segura e eficiente da unidade, salvaguardando a integridade da unidade e do meio ambiente.
• A navegabilidade e condição da unidade, especialmente no que concerne à estabilidade e carga/pressão na instalação e no equipamento.
– Autoriza e emite permissões no sistema de permissão de trabalho.
– Presta apoio ao Supervisor de Convés (Deck Pusher) na elevação da SME e procede à revisão e autorização de planos de elevação para elevadores críticos.
– Preside o Comité de Segurança e realiza regularmente reuniões de segurança com clientes, representantes de segurança, supervisores e com a equipa.
– Garante que os Planos de Segurança, Conteúdos das Posições, Cartões de Agregação e Manuais de Contingência são guardados e actualizados adequadamente.
– Proficiência na língua inglesa, nomeadamente falada, lida e escrita.

Coordenador de Logística (Logistics Coordinator)

– É responsável pela logística e gestão do armazém a bordo, pelas operações do Sistema de Gestão de Materiais e pela manutenção do inventário do armazém dentro dos níveis estabelecidos.
– Deve possuir formação como despachante ou, em alternativa, como gestor de loja/administrador de armazém ou numa posição semelhante. Deve ter conhecimentos sobre administração e sistema de qualidades de pessoas.
– Deve desempenhar responsabilidades em situações de emergências em conformidade com o conteúdo da posição.
– Deve garantir a preparação correcta dos documentos/manifestos de embarque para todos os equipamentos e materiais que devam ser enviados para terra.
– Executa inventários completos.
– Deve ser titular de Certificado de Matérias Perigosas Combinadas (Ar & Mar) válido.
– Proficiência na língua inglesa, nomeadamente falada, lida e escrita.

Responsável pela Segurança (Safety Officer)

– O Responsável pela Segurança é a pessoa principal na Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho.
O Responsável pela Segurança deve prestar assistência à direcção da sonda para assegurar que a Higiene e Segurança no Trabalho da unidade cumpre com o estabelecido nas políticas de Higiene e Segurança no trabalho e com as orientações, e que o trabalho está de acordo com os requisitos regulatórios e do cliente.
– Responsabilidades em caso de emergência conforme indicado no conteúdo da posição.
– Definição do plano anual de Higiene e Segurança no Trabalho.
– Investigações de incidentes e análise experiente da origem e causas dos mesmos.
– Experiência profissional em Higiene, Segurança e Saúde no Trabalho e experiência mínima de 4 anos offshore.
– Proficiência na língua inglesa, nomeadamente falada, lida e escrita.

Chefe de Campo (Catering)

– É responsável por garantir que todos os serviços são prestados e executados de acordo com os requisitos especificados. O Chefe de Campo deve promover activamente um bom ambiente a
bordo, de forma que o nível de serviço da unidade se diferencie positivamente do padrão geral na área operacional.
– Experiência profissional mínima de 4 anos como Cozinheiro Chefe em embarcações de alto mar (mínimo 200 POB) ou posição semelhante na indústria offshore. Proficiente em todos os aspectos de higiene alimentar, rotação de produtos armazenados e estar familiarizado com aspectos nutricionais do planeamento de menus.

– Deve possuir um certificado comercial válido de Cozinheiro Chefe.
– Proficiência na língua inglesa, nomeadamente falada, lida e escrita.

Director da Plataforma (Rig Administrator)

– Executa tarefas administrativas conforme seja necessário e indicado pelo Director da Instalação Offshore.
– Gere as mudanças de actividade da tripulação, incluindo a manutenção da lista de POB e NOK
a bordo.
– Conserva e actualiza listas referentes às respostas em situações de emergências, posições de
contacto e localização dos navios e helicópteros/barcos que prestam serviços à plataforma.
– Deve ter bons conhecimentos de trabalho sobre funções de administração em geral e excelentes capacidades a nível informático, com proficiência nos pacotes de MS office.
– Deve possuir um certificado válido em Cursos de Formação de Segurança, Certificado Médico
Offshore e outras certificações offshore relacionadas que sejam relevantes.
– Proficiência na língua inglesa, nomeadamente falada, lida e escrita.

Médico (Medic)

– É responsável pela prestação de serviços médicos de acordo com as boas práticas médicas.
– É responsável por todos os aspectos da gestão de matérias relacionadas com saúde, incluindo campanhas de saúde e de saúde ocupacional.
– É responsável pelo atendimento em casos de trauma e pelo planeamento de resposta em emergências médica, manutenção de equipamentos clínicos e médicos, inspecções de higiene e primeiros socorros.
– Deve prestar atendimento primário a todos os trabalhadores offshore da unidade, incluindo de diagnóstico e gestão das condições médicas rotineiras e ferimentos leves.
– Deve executar todas as outras tarefas, conforme seja necessário e indicado pelo Director da Instalação Offshore.
– Mínimo de 2 anos de experiência de trabalho offshore com licença médica, incluindo ATLS/ITLS.
– Deve ter bons conhecimentos de trabalho sobre funções de administração em geral e boas capacidades a nível informático.
– Proficiência na língua inglesa, nomeadamente falada, lida e escrita.

DEPARTAMENTO DE PERFURAÇÃO

Chefe da Secção de Perfuração (Drilling Section Leader – DSL)

– Lidera a equipa de perfuração a bordo e garante que têm as qualificações e experiência técnicas necessárias para realizar o trabalho que lhes é atribuído. É responsável por garantir que as operações
de perfuração a bordo são planeadas e executadas de maneira segura e eficiente, de acordo com o programa definido e com os procedimentos e normas de segurança, quando está de serviço.
– Mínimo de 6-10 anos de experiência em todas as fases das operações de perfuração, incluindo em novos navios-sonda em posições semelhantes e, pelo menos, 2 anos como Supervisor do Poço.
– Deve ser titular de Certificado IWCF válido aprovado por Well Control Combined Surface e Subsea BOP Stack, nível 4 de certificação.
– Proficiência na língua inglesa, nomeadamente falada, lida e escrita.

Encarregado das Actividades de Perfuração/ Diurno/ Nocturno / (Toolpusher – Day /Night)

– É responsável pela equipa de perfuração e pelo equipamento de perfuração, bem como, em geral, por garantir que as operações de perfuração a bordo são planeadas e executadas de maneira segura e eficiente, de acordo com o programa definido e com os procedimentos e normas de segurança quando está de serviço.
– Mínimo de 5-8 anos de experiência em todas as fases das operações de perfuração no campo, incluindo em novos navios-sonda em posições semelhantes e, pelo menos, 2 anos como perfurador.
– Deve ser titular de Certificado IWCF válido aprovado por Well Control Combined Surface e Subsea BOP Stack, nível 4 de certificação.
– Proficiência na língua inglesa, nomeadamente falada, lida e escrita.

Perfurador Principal/Perfurador Auxiliar (Main Driller / Auxiliary Driller)

– Deve ter vasta experiência como perfurador, incluindo experiência como Assistente de Perfuração ou em posições de perfuração semelhantes.
– Deve ser titular de Certificado IWCF válido aprovado por Well Control Combined Surface e Subsea
BOP Stack, nível 3 de certificação.

– Deve ter experiência mínima de 2-3 anos num novo navio-sonda em posições semelhantes.
– Proficiência na língua inglesa, nomeadamente falada, lida e escrita.
Assistente Principal de Perfuração/Assistente Auxiliar de Perfuração

(Main Assistant Driller / Auxiliary Assistant Driller)

– Deve ter vasta experiência como Assistente de Perfuração ou em posições semelhantes em plataformas de perfuração offshore.
– Deve ser titular de Certificado IWCF válido aprovado por Well Control emitido por um prestador internacionalmente reconhecido.
– Deve ter experiência mínima de 2-3 anos num novo navio-sonda em posições semelhantes.
– Proficiência na língua inglesa, nomeadamente falada, lida e escrita.

Operador de Perfuração de Fluidos (Drilling Fluids Operator)

– É responsável e supervisiona a operação do sistema de mistura e distribuição de lama, incluindo
a bomba, a sala do poço e a área de mistura. Opera todos os equipamentos de manuseio e tratamento de fluidos de perfuração na sala de bombas/poços.
– Deve ter experiência mínima de 1-2 anos num novo navio-sonda como DFO/Torrista ou Operador de Sonda ou, em alternativa, formação como Estagiário de Perfuração.
– Proficiência na língua inglesa, nomeadamente falada, lida e escrita.

Torrista (Derrickman)

– É responsável e supervisiona a operação do sistema de mistura e distribuição de lama, incluindo
a bomba, a sala do poço e a área de mistura. Opera todos os equipamentos de manuseio e tratamento de fluidos de perfuração na sala de bombas/poços.
– Deve ter experiência mínima de 1-2 anos num novo navio-sonda como DFO/Torrista ou Operador de Sonda ou, em alternativa, formação como Estagiário de Perfuração.
– Proficiência na língua inglesa, nomeadamente falada, lida e escrita.

Chefe Operário de Perfuração (Lead Floorhand)

– Realiza o trabalho necessário relacionado com a operação de perfuração: no piso de perfuração,
na sala de agitação e xisto, nas áreas de processamento de lama, no convés do BOP e noutras áreas a bordo.
– Presta assistência ao Perfurador na formação e instrução dos Plataformistas juniores, podendo ser destacado em função das operações, podendo ser o Assistente de Perfuração ou o Assistente
Auxiliar de Perfuração.
– Deve ter experiência mínima de 3 anos em unidades de perfuração offshore.
– Proficiência na língua inglesa, nomeadamente falada, lida e escrita.

Operário de Perfuração (Floorhand)

– Realiza o trabalho necessário relacionado com a operação de perfuração: no piso de perfuração, na
sala de agitação, nas áreas de processamento de lama, no convés do BOP e noutras áreas a bordo.
– Deve ter ocupado anteriormente a posição de estagiário de perfuração ou pertencente ao pessoal de serviço do poço.
– Deve possuir um certificado válido em Cursos de Formação de Segurança, Certificado Médico
Offshore e outras certificações offshore relacionadas que sejam relevantes.
– Deve ter experiência mínima de 1 ano em unidades de perfuração offshore, incluindo 6 meses como Operador de Convés.
– Proficiência na língua inglesa, nomeadamente falada, para leitura e escrita.

DEPARTAMENTO MARÍTIMO

Chefe da Secção Marítima / Ajudante do Director da Instalação Offshore (Marine Section Leader (MSL) / Deputy OIM)

– É responsável pela Secção Marítima e pelo manuseamento diário da operação de posicionamento
dinâmico, incluindo trânsitos e cumprindo o papel de Oficial de Segurança da Unidade. É o responsável pela Secção Marítima e por garantir que todas as actividades sejam realizadas de acordo
com as regras e regulamentos aplicáveis, os termos do contrato, procedimentos operacionais da
Companhia e boas práticas da indústria.
– Deve possuir um Certificado de competência Master STCW II/2 (ilimitado) válido e ter 3-5 anos de experiência em perfuração offshore e posições marítimas em estruturas flutuantes.
– Deve ter um certificado completo de Operador de Posicionamento Dinâmico emitido pelo Instituto
Náutico ou Certificação Equivalente e certificado de competência como Oficial da Unidade de Segurança de acordo com o Código da Bandeira Internacional e Segurança do Porto.
– Proficiência na língua inglesa, nomeadamente falada, lida e escrita.

Operador de Posicionamento Dinâmico Sénior (Senior Dynamic Position Officer – SDPO)

– É responsável pela conservação do posto seguro da unidade. O OPDS é o operador principal e vigia
da central de controlo de posicionamento dinâmico (DP) e o vigia sénior na sala de controlo central.
– Deve possuir um Certificado de competência STCW II/2 (ilimitado) válido, certificado completo de Operador de Posicionamento Dinâmico emitido pelo Instituto Náutico ou Certificação Equivalente e certificado GMDSS com 3 anos de experiência em perfuração offshore e posições marítimas em
estruturas flutuantes.
– Proficiência na língua inglesa, nomeadamente falada, lida e escrita.

Operador de Posicionamento Dinâmico (Dynamic Position Officer – DPO)

– É responsável por manter um relógio de navegação seguro durante o trânsito e no modo de perfuração. Deve realizar os cálculos de estabilidade e manter o relógio de rádio GMDSS.
– Deve possuir um Certificado de competência STCW II/1 válido, certificado completo de Operador de Posicionamento Dinâmico emitido pelo Instituto Náutico ou Certificação Equivalente e certificado GMDSS com 3 anos de experiência em perfuração offshore e posições marítimas em estruturas flutuantes.
– Proficiência na língua inglesa, nomeadamente falada, lida e escrita.

Operador de Grua Chefe (Leader Creme Operator)

– É responsável pelas Operações de Elevação e operações do convés diárias, planeamentos, gestão e coordenação de tarefas de execução. Supervisiona as operações de elevação e de helicóptero a bordo.
– Deve ter experiência mínima de 3 anos como Operador de Grua Chefe em unidades de perfuração offshore. Deve possuir competência válida como Operador de Grua de 3.ª Classe e outras certificações relacionadas com offshore que sejam relevantes.
– Proficiência na língua inglesa, nomeadamente falada, lida e escrita.

Supervisor de Convés (Leader Deck Pusher)

– É responsável pelas Operações de Elevação e operações do convés diárias, planeamentos, gestão e coordenação de tarefas de execução. Supervisiona as operações de elevação e de helicóptero a bordo.
– Deve ter experiência mínima de 3 anos como Operador de Grua Chefe em unidades de perfuração offshore. Deve possuir competência válida como Operador de Grua de 3.ª Classe e outras certificações relacionadas com offshore que sejam relevantes.
– Proficiência na língua inglesa, nomeadamente falada, lida e escrita.

Operador de Grua (Crane Operator)

– É responsável pela operação e manutenção diária das gruas. Deve operar as gruas de acordo com as regras e regulamentos aplicáveis, tabelas de capacidade de carga e dentro dos critérios estipulados relativos ao clima e movimentos.
– Supervisiona em geral a tripulação do convés e assiste nas operações de helicóptero.
– Deve ter experiência mínima de 3 anos como Operador de Grua em unidades de perfuração offshore. Deve possuir competência válida como Operador de Grua de 3.ª Classe e outras certificações relacionadas com offshore que sejam relevantes.
– Proficiência na língua inglesa, nomeadamente falada, lida e escrita.

Supervisor de Convés (Deck Supervisor)

– Lidera os operadores designados para o convés, fornecendo orientação e mantendo um bom ambiente de trabalho nas áreas de perfuração, através de uma boa limpeza.
– Responsável pelas operações de elevação sob a supervisão do Operador de Grua, actuando como Operador de Grua, quando necessário.

– Responsável pela operação das gruas de acordo com as regras e regulamentos aplicáveis, tabelas de capacidade de carga e dentro dos critérios estipulados relativos ao clima e movimentos. Faz a supervisão geral da tripulação do convés e assiste nas operações de helicóptero.
– Deve ter experiência mínima de 3 anos como Operador de Grua em unidades de perfuração offshore. Deve possuir competência válida como Operador de Grua de 2.ª ou 3.ª Classe e outras certificações relacionadas com offshore que sejam relevantes.
– Proficiência na língua inglesa, nomeadamente falada, lida e escrita.

Operador de Convés Chefe (Deck Operator / AB Roustabout)

– Realiza trabalhos de manutenção em equipamentos e estruturas marítimas, bem como em equipamentos de segurança, trabalhos de manutenção do casco, superestrutura, equipamento de
carga e outros equipamentos e maquinaria do convés, participa noutras operações marítimas, conforme necessário e tem responsabilidades de emergência conforme o conteúdo da posição.
– Deve possuir Certificação em Able Bodied Seaman ou assistente de navio, de acordo com a qualificação STCW II/4 ou outras certificações offshore relacionadas.
– Deve ter experiência mínima de 2 anos numa estrutura flutuante, preferencialmente numa plataforma de perfuração.
– Proficiência na língua inglesa, nomeadamente falada, lida e escrita.

Operador de Convés (Deck Operator / Roustabout)

– Realiza trabalhos relacionados com operações de carga/descarga, trabalhos gerais de manutenção
e limpeza, presta assistência à equipa de perfuração e outras tarefas conforme as instruções do
Operador de Grua ou de outros superiores. Adquire conhecimentos suficientes sobre segurança
offshore e no ambiente de trabalho.
– Deve ter anteriormente ocupado a posição de estagiário de perfuração ou do pessoal de serviço do poço.
– Deve possuir um certificado válido em Cursos de Formação de Segurança, Certificado Médico Offshore e outras certificações offshore relacionadas que sejam relevantes.
– Proficiência na língua inglesa, nomeadamente falada, lida e escrita.

DEPARTAMENTO TÉCNICO

Chefe da Secção Técnica (Technical Section Leader – TSL)

– É responsável pela equipa técnica e pela gestão do equipamento de manutenção, sistemas técnicos e estruturas unitárias a bordo.
– É o ponto principal para o sistema de Manutenção e é responsável pela manutenção dos registos
de trabalho conforme descrito no Sistema de Gestão.
– Deve ter experiência mínima de 3-5 anos em Unidades de Perfuração Offshore em posições semelhantes e possuir Certificado de competência de Engenheiro Chefe STCW III/2 válido.
– Proficiência na língua inglesa, nomeadamente falada, lida e escrita.

Engenheiro de Manutenção (Maintenance Engineer)

– O Engenheiro de Manutenção deverá prestar assistência ao Chefe da Secção Técnica ou ao Supervisor de Electricidade, quando este se encontre ao serviço, e é responsável pelas actividades
individuais definidas pelo Chefe da Secção Técnica.
– Responsável por assegurar que o trabalho de manutenção atribuído é realizado e documentado
de acordo com os requisitos contantes do Sistema de Gestão, no Programa de Manutenção Preventiva e com as boas práticas da indústria.
– Deve ter experiência mínima de 3-5 anos em Unidades de Perfuração Offshore em posições semelhantes e possuir Certificado de competência Engenheiro Marinho STCW III/2 ou equivalente.
– Proficiência na língua inglesa, nomeadamente falada, lida e escrita.

Mecânico Hidráulico (Hydraulic Mechanic)

– Deve ter ampla experiência de trabalho numa variedade de unidades de perfuração com conhecimento da localização da falhas e diagramas práticos.
– Deve ter experiência no trabalho com tubos com diagrama pequeno, conjuntos de ligações flexíveis e na manutenção de sistemas hidráulicos, ou seja, unidades de alta pressão, gruas e outras máquinas da planta.
– Deve possuir certificação de Técnico de Navios, certificado STCW III/I de competência classe 3 ou 4 ou realizado contrato de aprendizagem aprovado na indústria.
– Proficiência na língua inglesa, nomeadamente falada, lida e escrita.

Supervisor da Sala de Manutenção (Engine Room Responsible)

– É responsável pela condução do relógio do motor e pela execução segura e correcta dos pontos do programa de manutenção preventiva.
– Deve possuir formação mecânica com conhecimento sobre motores diesel.
– Deve ter experiência mínima de 2-3 anos em Unidades de Perfuração Offshore em posições semelhantes.
– Deve possuir, pelo menos, Certificado de competência STCW III/1(Engenheiro Vigilante – Watch keeping engineer).

– Proficiência na língua inglesa, nomeadamente falada, lida e escrita.

Mecânico (Mechanic)

– É responsável por executar inspecções nas instalações e reparações de equipamento mecânico em todas as áreas a bordo.
– Deve ter experiência mínima de 3 anos em Unidades de Perfuração Offshore em posições semelhantes.
– Deve possuir Certificado de Engenharia Mecânica ou, em alternativa, ser mecânico certificado.
– Proficiência na língua inglesa, nomeadamente falada, lida e escrita.

Mecânico de Manutenção (Motorman)

– É responsável pela execução de diferentes tarefas relacionadas com a operação e manutenção de motores. Monitoriza a operação do motor e gere o sistema de alarme do motor, bem como outras rotinas normais de serviço e administra o sistema de manutenção.
– Deve ter experiência mínima de 3 anos em Unidades de Perfuração Offshore em posições semelhantes.
– Deve possuir um certificado de Cursos de Formação em Segurança válido, Certificado Médico
Offshore e outras certificações relevantes relacionadas com offshore.
– Proficiência na língua inglesa, nomeadamente falada, lida e escrita.

Soldador (Welder)

– É responsável por realizar trabalhos de soldagem e corte, inspeccionar juntas soldadas quanto a defeitos visíveis, dimensões correctas e conformidade com a ordem de serviço e especificação de design. Deve manter o equipamento de soldagem e o equipamento de corte de oxigénio/acetileno em boas condições e é responsável por executar diferentes tarefas relacionadas à operação.
– Deve possuir Certificação de Soldador 6G de acordo com DS/EN 287-1 ou, em alternativa, ASME
IX. Preferencialmente com formação de ferreiro.
– Experiência mínima de 3 anos em Unidades de Perfuração Offshore em posições semelhantes.
– Proficiência na língua inglesa, nomeadamente falada, lida e escrita.

Supervisor Eléctrico (Electrical Supervisor)

– É responsável por garantir que todos os sistemas eléctricos e equipamentos relacionados são bem conservados, reparados e sujeitos a testes. Procede à supervisão geral da equipa eléctrica.
– Deve ter experiência mínima de 3-5 anos em posições semelhantes e experiência em geração e
distribuição de energia a bordo de embarcações de posicionamento dinâmico.
– Deve possuir Certificado Nacional Superior/Licenciatura, certificado de alta tensão e na área de risco, ou em alternativa, de Electricista industrial. Possuir um curso e qualificação válidos e internacionalmente reconhecidos em certificação de instalação e inspecção de atmosferas explosivas (CompEx)
– Proficiência na língua inglesa, nomeadamente falada, lida e escrita.

Técnico de Electrónica (Electronic Technician)

– É responsável pela manutenção e reparação de equipamentos electrónicos e sistemas automatizados a bordo. Irá aconselhar o Chefe da Secção Técnica quanto à instalação, reparação, realização de testes, verificação do equipamento e sistemas e prestação de apoio ao Electricista, da forma e quando solicitado para o efeito.
– Deve ter experiência mínima de 3 anos em Unidades de Perfuração Offshore em posições semelhantes.
– Deve possuir Certificado Nacional Superior/Licenciatura em Engenharia Electrónica e certificação de Electricista industrial.
– Deve possuir um curso e qualificação válidos e internacionalmente reconhecidos em certificação
de instalação e inspecção de atmosferas explosivas (CompEx)
– Proficiência na língua inglesa, nomeadamente falada, lida e escrita.

Electricista (Electrician)

– É responsável por garantir que todos os sistemas eléctricos e equipamentos relacionados são
mantidos, reparados e testados. Procede à realização de inspecções, reparações e manutenção
da instalação eléctrica e do equipamento eléctrico.
– Deve ter experiência mínima de 3 anos em Unidades de Perfuração Offshore em posições semelhantes.
– Deve possuir Certificado Nacional Superior/Licenciatura em Engenharia Eléctrica e certificação de Electricista industrial.
– Deve possuir um curso e qualificação válidos e internacionalmente reconhecidos em certificação de instalação e inspecção de atmosferas explosivas (CompEx)
– Proficiência na língua inglesa, nomeadamente falada, lida e escrita.

Supervisor Marítimo (Marine / Subsea Supervisor)

– É responsável pelo departamento marítimo, incluindo a realização de testes, instalações e operações dos BOPs e sistemas associados.
– É responsável pela instalação do sistema de elevação marítima, dos sistemas de compensação
agregados, bem como pela manutenção e certificação do mesmo equipamento.
– Deve ter experiência mínima de 3 anos como Engenheiro marítimo e 2 anos como Assistente de
Engenheiro Marítimo, com experiência mínima de 5 anos em unidades de perfuração offshore,
preferencialmente em águas profundas.
– Proficiência na língua inglesa, nomeadamente falada, lida e escrita.

Engenheiro Marítimo (Marine /Subsea Engineer)

– O Engenheiro Marítimo apoia o Supervisor Marítimo na realização de testes, instalações e operações dos BOPs e dos sistemas associados, bem como na instalação, manutenção e certificação
do sistema de elevação marítima e dos sistemas de compensação agregados.
– Deve ter experiência mínima de 6 anos em Unidades de Perfuração Offshore, de preferência em
águas profundas, incluindo 2 anos numa posição semelhante.
– Deve possuir um certificado de competência Marine Engineer STCW III/2 válido ou mecânico certificado, ou em alternativa, um certificado de mecânica com experiência submarina.
– Proficiência na língua inglesa, nomeadamente falada, lida e escrita.

Assistente de Engenheiro Marítimo (Assistant Marine / Subsea Engineer)

– É responsável pela correcta manutenção e operação dos equipamentos marítimos de prevenção de explosão e outros relacionados e todas as alterações no equipamento de compensação de
acordo com as direcções dos Supervisor/Engenheiro Marítimo.

– Deve ter experiência mínima de 2 a 3 anos em Unidades de Perfuração Offshore, de preferência
em águas profundas.
– Deve possuir um Certificado de Competência Engenheiro Marítimo válido ou, em alternativa, um
certificado de mecânica certificado com experiência marítima.
– Proficiência na língua inglesa, nomeadamente falada, lida e escrita.

DEPARTAMENTO DE RESTAURAÇÃO

Cozinheiro Chefe (Chief Cook)

– O Cozinheiro Chefe é responsável pela gestão diária da cozinha e refeitório, incluindo o planeamento, preparação, produção e distribuição de toda a comida e bebida necessários para cumprir
os padrões especificados pela empresa.
– É responsável por manter um alto padrão de higiene em toda a cozinha, servindo e procedendo à reposição nas áreas de armazenamento.
– Deve garantir que os requisitos relevantes do Sistema de Gestão são implementados dentro da área de responsabilidade da posição e é responsável pela segurança de todo o pessoal que trabalha sob a sua supervisão.
– Planeia, organiza e supervisiona o trabalho da equipa no refeitório.
– Experiência profissional mínima de 2 anos como Cozinheiro certificado em embarcações de alto mar ou posição semelhante na indústria offshore.
– Proficiente em todos os aspectos de higiene alimentar, rotação de produtos armazenados e aspectos nutricionais do planeamento de menus.
– Deve possuir um certificado válido em Cursos de Formação de Segurança, Certificado Médico
Offshore e outras certificações offshore relacionadas que sejam relevantes.
– Necessita de Primeiros Socorros Básicos em Offshore, Manuseamento Básico de Alimentos, proficiência na língua inglesa, falada e lida, relacionada com culinária.

Segundo Cozinheiro (Second Cook)

– O Segundo Cozinheiro é responsável por ajudar o Cozinheiro Chefe na gestão diária da cozinha e refeitório.
– Presta assistência ao Cozinheiro Chefe no planeamento, produção e distribuição de toda a comida e bebida.
– Apoia na manutenção de um alto padrão de higiene nas áreas designadas.
– Experiência profissional mínima de 2 anos como Cozinheiro certificado, incluindo 1 ano como Cozinheiro em embarcações de alto mar, ou posição semelhante na indústria offshore.
– Proficiência em todos os aspectos relacionados com a higiene da comida e rotação de stocks.
– Necessita de Primeiros Socorros Básicos em Offshore, Manuseamento Básico de Alimentos, certificado de Cozinheiro.
– Deve possuir um certificado válido em Cursos de Formação de Segurança, Certificado Médico
Offshore e outras certificações offshore relacionadas que sejam relevantes.
– Fluente na língua inglesa, nomeadamente falada e escrita.

Padeiro (Baker)

– O Padeiro é responsável pelo planeamento, preparação e produção de produtos de panificação.
– Presta assistência ao Cozinheiro Chefe e ao Segundo Cozinheiro nos seus deveres diários.
– Apoia na manutenção de um alto padrão de higiene nas áreas designadas.
– Experiência profissional em embarcações de alto mar ou posição semelhante na indústria offshore.
– Proficiência em todos os aspectos relacionados com a higiene da comida e rotação de stocks.
– Necessita de Primeiros Socorros Básicos em Offshore, Manuseamento Básico de Alimentos, certificado de Cozinheiro.
– Deve possuir um certificado válido em Cursos de Formação de Segurança, Certificado Médico
Offshore e outras certificações offshore relacionadas que sejam relevantes.
– Fluente na língua inglesa, nomeadamente falada e escrita.

Camareiro (Stewards)

– O Camareiro é responsável por garantir que as instruções, planos e procedimentos especificados pelo Chefe de Campo e pelo Cozinheiro Chefe são realizados de forma segura e eficiente e que
os padrões específicos de higiene são mantidos.
– Participa nas perfurações e exercícios como membro de uma equipa de emergência e coopera na melhoria dos padrões de segurança.

– Limpa e organiza o refeitório, as salas de convívio, balneários, cabines, escritórios, duches, casasde-banho, corredores, cozinha e despensas e armazéns, de acordo com as instruções.
– Muda as roupas de cama e toalhas, opera máquinas de lavar a roupa e equipamentos relacionados, presta assistência na recepção e armazenamento de mercadorias, etc.
– Deve ter uma boa condição física.
– Deve possuir um certificado válido em Cursos de Formação de Segurança, Certificado Médico
Offshore e outras certificações offshore relacionadas que sejam relevantes.
– Fluente na língua inglesa, nomeadamente falada e lida.

Assistente de Lavandaria (Laundry Assistant)

– O Assistente de Lavandaria é responsável por operar de máquinas de lavar a roupa e equipamentos relacionados, prestar assistência na recepção e armazenamento de mercadorias, etc.
– É responsável por manter um alto padrão de higiene nas áreas designadas.
– Deve ter uma boa condição física.
– Deve possuir um certificado válido em Cursos de Formação de Segurança, Certificado Médico

Offshore e outras certificações offshore relacionadas que sejam relevantes.

– Fluente na língua inglesa, nomeadamente falada e escrita.

Aos candidatos interessados, solicita-se que enviem, até 04 de Abril de 2021, cópia do curriculum vitae actualizado e respectiva tradução, em língua inglesa, para o seguinte endereço de correio
electrónico: recrutamento@grupomieres.com

Por favor, identifique o seu nome e a posição para a qual se candidata no assunto da mensagem electrónica, para nossa conveniência.

PODERÁ TAMBÉM GOSTAR DE:

Os comentários estão encerrado.