Standard Bank Angola Está Recrutar Gestor de Controlo Cambial – Capacitação

Gestor de Controlo Cambial – Capacitação

Visão geral

Detalhes emprego

Test Division Summary

Descrição do trabalho

Auxiliar o Director de controlo cambial a assegurar que as unidades de negócio dentro do Standard Bank Angola estejam habilitadas a cumprir com os requisitos de controlo cambial impostos pelas autoridades relevantes. Identificar soluções para mitigar situações de não conformidade; acompanhar e garantir a implementação de soluções de controlo cambial pelas unidades de negócio. Investigar as preocupações identificadas relativamente a conformidade das unidades de negócio com os requisitos ad hoc de controlo cambial e propor ações/controlos para mitigar as contravenções, de forma a evitar sanções impostas pelas autoridades relevantes. Assegurar que o universo regulatório e os Planos de Gestão de Risco de Conformidade (CRMP) estejam implementados e atualizados.

Responsabilidades

Impulsionar o desenvolvimento operacional e estratégico e a execução de cultura e estratégia:
• Prestar serviços de consultoria para orientar os executivos, gestores de linha e todos os funcionários no cumprimento das suas responsabilidades relativas ao cumprimento dos requisitos estatutários, regulamentares e de supervisão aplicáveis de forma a:
o Proteger a reputação do Standard Bank Angola;
o Evitar litígios contra o Standard Bank Angola;
o Promover a interação a nível regulamentar e de supervisão no Standard Bank Angola;
o Proteger os ativos e funcionários do Standard Bank Angola.
• Manter e desenvolver uma compreensão abrangente dos requisitos regulamentares relevantes aplicáveis à organização, facilitando assim o estabelecimento de uma cultura de compliance;
• Aconselhar e orientar os subordinados diretos;
• Desenvolver e construir relacionamentos com as principais partes interessadas dentro do banco e no grupo;
• Garantir o alinhamento e, sempre que possível, a consistência entre as unidades de negócio relevantes e o banco;
• Integração com as outras áreas de segunda linha de defesa tal como o risco operacional e Compliance e promoção de eficiências entre o controlo cambial e estas áreas;
• Promoção ativa e de forma contínua da função de Controlo Cambial para garantir que uma cultura de Compliance seja estabelecida nas unidades de negócio e no banco;
• Estabelecer uma cultura de Compliance que contribua para o objetivo geral de gestão prudente de riscos pelo banco.

Consultivo:
• Analisar e identificar os riscos de Compliance dentro das Unidades de Negócio e seus processos e controlos, fornecendo aconselhamento ao Director de Controlo Cambial, aos comitês relevantes, as área de gestão de risco e aos colaboradores, a fim de garantir a gestão efectiva de questões de Compliance numa perspectiva de controlo cambial;
• Assistir e aconselhar as unidades de negócio em questões de Compliance relativas a novos produtos, negócios e outras iniciativas;
• Esclarecer as unidades de negócio relativamente a legislação e regulamentação cambial bem como todas as alterações efetuadas a este nível;
• Assistir e aconselhar as unidades de negócio sobre a resolução de questões de controlo cambial;
• Fornecer um quadro estratégico, visão e plano para a execução da conformidade.

Formação, consciencialização e gestão de mudanças:
• Determinar as necessidades de formação dos colaboradores do banco em matérias de controlo cambial;

• Conduzir as principais iniciativas de conscientização na área de responsabilidade;
• Assegurar que os relatórios de governança sejam significativos e eficazes;
• Garantir a entrega efectiva de formação e conscientização
• Garantir a existência e atualização de material de formação de controlo cambial;
• Revisão e autorização das mudanças ao material de formação de controlo cambial;
• Implementação de um plano de formação para colmatar as necessidades de formação em termos de controlo cambial;
• Promover ações de formação on-the-job necessárias ou solicitadas aos colaboradores impactados durante as tarefas de capacitação;
• Preparar os facilitadores de formação e desenvolvimento no que respeitam as mudanças para que as formações sejam eficazes;
• Monitorar e escalar quaisquer falhas por parte dos colaboradores relativamente a conclusão das formações obrigatórias de controlo cambial.

Realização de tarefas de capacitação de controlo cambial nas Unidades de Negócio, conforme detalhado no plano anual de capacitação, e auxiliar as Unidades de Negócios a tomar as ações corretivas necessárias:

• Preparar documentação descrevendo os trabalhos preparatórios referentes as tarefas ou as informações necessárias a serem disponibilizadas pela Unidade de Negócios para que estas sejam capacitadas;
• Conduzir tarefas de capacitação. Solicitar documentação e informações adicionais, quando necessário, e registar as constatações e comentários nos documentos de trabalho;
• Identificar os processos e procedimentos das unidades de negócio que são afetadas pelos requisitos de controlo cambial;
• Avaliar se os processos e procedimentos dentro das Unidades de Negócio garantem a conformidade com os requisitos de controlo cambial;
• Preparar a planilha de tarefas de capacitação, detalhando as constatações e recomendações e discutir as mesmas com as Unidades de Negócio;
• Preparar o relatório final de Capacitação para revisão e emitir um relatório preliminar para a resposta das respetivas unidades de negócios;
• Ao finalizar o draft do relatório de capacitação e após autorização do responsável pelo Controlo Cambial, emitir o relatório final e distribuí-lo de acordo com a lista de distribuição;
• Registar todas as constatações no reporte de acompanhamento (Tracking) de constatações;
• Durante e após as tarefas de capacitação, auxiliar as unidades de negócios no processo de implementação das medidas corretivas necessárias, que podem incluir o desenvolvimento de novos processos, o aprimoramento de processos existentes ou a solicitação de esclarecimentos ao regulador, etc;
• Encaminhar tempestivamente quaisquer questões significativas de risco de controlo cambial para a atenção dos comitês de governança relevantes;
• Fornecer o relatório Anual de Compliance de Controlo cambial.

Gestão de Pessoas:
• Apoiar e manter uma equipa forte e dinâmica;
• Gerir e apoiar os seus reportes directos, de maneira eficaz e motivacional, desenvolvendo-os e orientando-os.

Garantir que existam processos efetivos e eficientes que permitam a conformidade do Controlo cambial para atender seus objetivos operacionais e estratégicos
• Garantir que existam processos de controlo cambial efetivos e eficientes que permitam a salvaguarda de todas as informações de Compliance em termos de controlo cambial;
• Facilitar o esclarecimento das funções dos colaboradores e dos fluxos de trabalho, a fim de reduzir a duplicação de trabalho, a complexidade desnecessária e a ambiguidade das funções / processo;
• Garantir que o armazenamento e partilha de informações relativas ao controlo cambial seja feita em conformidade com toda a legislação aplicável e Políticas do Banco, por exemplo, Regulamentos de Controlo cambial, Política de Gestão de Registros, Política de Gestão de Privacidade etc.
• Melhoria tempestiva dos processos quando necessário.

Elaboração e/ou actualização do Universo Regulatório de Compliance e dos Planos de Gestão de Risco de Compliance (CRMPs):
• Assegurar que alertas legislativos são emitidos para o banco logo após a publicação de regulamentação ou legislação cambial pelas autoridades;
• Preparar apresentação e promover workshop sobre Universo Regulatório relativos aos normativos cambiais publicados;
• Actualização do Universo regulatório para toda a regulamentação ou legislação publicada com os inputs dos vários stakeholders;
• Garantir o Signoff do Universo regulatório pelos responsáveis das unidades de negócio relevantes (Stakeholders);
• Elaboração dos Programas de Gestão Risco de Compliance (CRMP) para todos os normativos publicados considerados core;
• Preparar apresentação e promover workshop sobre os CRMPs relativos aos normativos publicados considerados core;
• Garantir o Signoff dos CRMPs pelos responsáveis das unidades de negócio relevantes (Stakeholders).

Acompanhamento para garantir que os procedimentos sejam atualizados com as alterações regulamentares ou legislativas mais recentes:
• Assegurar que as áreas de negócios façam as alterações necessárias aos seus processos e procedimentos quando forem introduzidas alterações ou revisões aos requisitos regulamentares;
• Orientar e rever quaisquer alterações feitas aos procedimentos relacionados a matéria cambial.

Assegurar que as unidades de negócio relevantes estejam a encaminhar e resolver as questões levantadas pelo regulador relativamente ao cumprimento da regulamentação em vigor:
• Receber os relatórios de inspeção do regulador e garantir que eles sejam distribuídos para as unidades de negócios corretas;
• Garantir que as respostas das unidades de negócios sejam enviadas ao Regulador dentro do prazo estabelecido;
• Registar as respostas que não foram enviadas dentro do prazo estabelecido e garantir que sejam enviados pedidos de extensão ao regulador.

Emitir relatórios mensais com base no progresso da implementação de recomendações / soluções para resolução de casos de não conformidade levantados nos relatórios internos de inspeção, relatórios de inspeção do Regulador, etc:
• Extrair detalhes dos pendentes dos relatórios de inspeção do controlo cambial e do regulador e elaborar um relatório para distribuição às respetivas unidades de negócios e outras partes interessadas, solicitando respostas detalhadas sobre o status destes pendentes.

Demonstrar um bom entendimento da estratégia, políticas e modelo operacional em vigor nas Unidades de Negócio que são diretamente afetadas pelos requisitos regulamentares:
• Tornar as unidades de negócio conscientes dos requisitos regulamentares cambiais que afetam sua estratégia, política e modelo operacional;
• Participar nas reuniões e fóruns destas unidades de negócio onde a estratégia, políticas e modelo operacional são abordados.

Preparar, acordar e aprovar um plano de desenvolvimento para aprimorar as capacidades pessoais dos membros da equipa:
• Acordar e contractar um plano de desenvolvimento e aprendizado com o Director de Controlo Cambial e cumprir com os prazos acordados para a conclusão;
• Compartilhar informação e aprimorar os conhecimentos dos membros da equipa após conferências e outras acções de formação, quando aplicável.

Projetos Especiais (atualizar Normas, políticas e procedimentos existentes).
• Conforme e quando aplicável trabalhar em projetos especiais, por exemplo: A actualização das normas, políticas e procedimentos existentes será contratada como parte do contrato de desempenho.

Qualificações e experiência relevantes

Licenciatura em Direito; Auditoria; Gestão empresarial; bons conhecimentos da língua inglesa; Independent Assurance

Controlo Cambial
5-7

Business Support
Operações
5-7

Risk Management
Risco Operacional
5-7

Mercado cambial
Mercados financeiros
3-4

Veja Também:

Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.